sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

2ª FIV - 01/12/11 - Mais um NEGATIVO!!!!

Desculpem, colocar um texto triste aqui no blog!!! Esse texto escrevi em um momento de muita dor, quando descobri mais um negativo nessa minha 2ª FIV. Realemte, eu havia ficado na dúvida se colocava ele no blog ou não, pois a idéia aqui no blog é de FORÇA E FÉ, que tudo vai dar certo. Mas decidi colocá-lo para que vocês, minhas amigas que têm dificuldades também para ter seus filhos, saibam que vocês não são as únicas que sofreram ou sofrem quando vêem o seu negativo aparecer depois de tanta luta.
Saibam que hoje, dia 23/12, já me sinto fortalecida e pronta para mais uma batalha! Mas no dia 01/12, dia seguinte ao meu exame de gravidez, eu me sentia muito triste....

Dia 01/12 ( 1 dia depois do Beta HCG : NEGATIVO )

" Hoje a dor é grande! Ontem fizemos o exame de gravidez e deu negativo! Ontem foi impossível escrever qualquer coisa, eu só sabia chorar!
Estou escrevendo , pois na minha vida toda fiz isso para ver se aliviava as dores. A infertilidade dói, dilacera. Estou em cacos, tentando ter forças para juntá-los e recomeçar. Não é fácil! As coisas só se tornam menos dolorosas por causa do apoio da família, dos amigos e do maravilhoso companheiro que tenho ao meu lado. Obrigada meu Deus por ter colocado ele para passarmos essa provação juntos. Sem ele não sei mesmo o que seria de mim.

A dor que sinto agora é como a dor de um luto. É a dor do que não se viveu, de quem não nasceu, mas já era tão concreto na nossa imaginação. Nessas horas fico com medo até de sonhar, tenho medo da triste realidade, crua e dolorosa que vem depois do sonho. Confesso que dessa vez eu sonhei, sonhei muito, acreditei de verdade!! Tudo estava tão bom, que seria impossível, aos nossos olhos, que não desse certo. Mas me esqueci dele, do criador, que sabe sempre o que é melhor, e dessa vez, mais uma vez, ELE não quis o mesmo que eu.

Sonhei.. Sonhei com Natal de barriguinha, sonhei com os meus gêmeos, sonhei com as fraldas, com carrinho duplo,....Sonhei alto demais!! E a queda foi mais alta também. Achei, que por dessa vez, eu ter os outros embriões congelados, a dor ia ser menor. Mas por enquanto, não está sendo.

Pra falar a verdade, estou é com medo de novas decepções, estou com medo da FIV. Ela parece aquele brinquedo KABUM (que sobe e despenca), ela te carrega bem de leve para cima, para as nuvens, lá para perto do maior sonho de minha vida, parece que consigo quase tocar nas doces e leves mãos de meus bebezinhos nas nuvens, e lá mesmo, quando menos espero KABUM... Vem o negativo e simplesmente despenco abaixo. Volto a triste realidade de não ter conseguido pegar meus filhos lá nas nuvens....

Penso, e se eu tivesse esticado mais as mãos? Será que eu poderia ter puxado eles, e segurado bem firme comigo? Mas isso não foi possível!! Fiz tudo, fizemos tudo que podíamos. Repasso mentalmente tudo que se passou no último mês, tentando achar uma falha, um erro, mas não consigo. Dessa vez, foi perfeito, fizemos tudo! Eu estava de férias, calma, me distraía, repousei, repousei muito, não subi escada, tomei todos os cuidados, o anticoagulante estava lá, todos os dias comigo, me manchando de roxo por toda a barriga, resolvendo a trombofilia... ficamos unidos, o amor ficou com a gente o tempo todo... e agora lá se foram nosso embriões.

Fico a pensar, para onde eles foram... Será que eu abortei tão rápido assim? Ou eles nem chegaram a se implantar?

Quanta dor, meu pai, quanta dor!! Mas agradeço a Deus, por ter tido condições mais uma vez de lutar contra a infertilidade, pois de onde viemos, e nas condições financeiras que tivemos, esse tipo de tratamento sempre foi para pessoas mais abastadas e nós com muito amor e união para economizarmos, já conseguimos passar por dois tratamentos. E quantos por aí, nem tiveram a chance de sonhar, de lutar contra esse fantasma. No final tenho que admitir que somos privilegiados.

Também agradeço a Deus por ter colocado o Dr Arnaldo no nosso caminho, ele é um verdadeiro anjo, que luta de verdade pelo sonho de suas pacientes, é dedicado. Nunca vi na minha vida médico igual.
Bom, a dor, fica aqui, e espero que nos próximos dias, com o tempo, ela adormeça e se esconda. Ainda não consigo nem falar sobre o assunto, nem com meus pais, que amo tanto, pois quando falo, o choro corre solto.

Junto com meu grande amor, meu companheiro de vida, conseguiremos superar as dificuldades e a dilacerante dor de ter perdido os filhos que nem chegaram a nascer... E conseguiremos recuperar as forças para buscar os nossos embriões congelados, e tenho fé que da próxima vez, Deus me salvará! Não posso é perder a fé NUNCA!! "

16 comentários:

  1. Estamos juntas sempre irmã da vida! Te amo! Bjos mto carinhosos e afagos acolhedores da sempre amiga Paula!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga ore peca a Jesus pois somente Ele pode agir no impossivel, ponha Ele na frente da sua batalha pq assim a vitoria sera sua.

      Excluir
  2. Em tempo: que belíssimo trabalho vocês estão fazendo por aqui minha amiga e meu amigo! Um desprendimento sem igual e uma força "abissal"(como costuma dizer o El para coisas muuuuuitoooo grandes - ele adora inventar palavras)!
    Vocês são seres que estão iluminando vidas de tantas pessoinhas aflitas, desesperadas e desesperançosas. Não canso de parabenizá-los pelo trabalho que estão realizando e pela missão que lhes foi dada e que estão cumprindo com tanto afinco. Apesar da prova ser gigante, vocês estão passando por ela com glória e muito amor, o que é o mais importante, apesar de tooooodaaaa essa dificuldade!
    Esperança e certeza em um maravilhoso futuro sempre! Fiquemos com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Minha grande amiga Paula, Obrigada por todo o apoio! Na verdade obrigada pelo apoio que vc sempre me deu a vida inteira, desde que éramos criancinhas. Amizades como a nossa são raras.
    O trabalho aqui no blog exige dedicação e desprendimento, pois estamos abrindo a nossa vida, e mexendo com sentimentos... Mas apesar dele ter sido criado para ajudar a outras pessoas que passam pelas mesmas dificuldades pela qual eu passo, acredito que o blog ajuda muito mais a mim. Pois está funcioanando como uma terapia... Hoje me sinto menos só nesse mundo... Hoje conheço muitas mulheres na mesma situação que eu. E isso é altamente reconfortante.
    Continue sempre presente em minha vida e no blog, pois você é essencial, minha amiga, minha irmã.
    Que Deus te ilumine muito! Beijos, Rê

    ResponderExcluir
  4. Sempre estaremos uma na vida da outra sem dúvida! Sempre, sempre porque você também é importante demaaaaais para mim!!!! Mil bjos!!

    ResponderExcluir
  5. Paula, a sua fé é tão forte q me tocou. Mesmo no momento de dor vc agradeceu ao Senhor, mesmo sem chão vc encontrou forças para crÊ no SEnhor. Depois de ler todo o testemunho só posso crê q o Senhor está cuidando de tudo para q os seus bebês venham num momento especial, vc vai ser mãe, sim, em nome de Jesus!!!
    Pode contar comigo para o q precisar!!
    bjão,

    ResponderExcluir
  6. Como chorei lendo o seu desabafo! Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  7. só a misericordia e a graça Divina para suportar tanta dor.
    mas, fico feliz que neste momento sei q teus fiotinhos tão aí com vcs.
    bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Como percebo este texto...

    ResponderExcluir
  9. Nossa como suas palavras se encaixaram com meus sentimentos neste momento...acabei de pegar meu beta e deu negativo, lá se foram meus sonhos.... Foi minha quarta tentativa....e lá se foi meu sonho..... Espero voltar a me fortalecer....graças a Deus tb tenho um companheiro maravilhoso e o apoio da minha familia....mas mesmo assim a força da queda nos deixam muitas feridas....obrigada por compartilhar seu momento conosco assim podemos enchergar que nao estamos só.....

    ResponderExcluir
  10. Li sua historia como se fosse a minha. Na segunda feira peguei meu 2o beta negativo foi como se estivesse caindo num abismo sem fim. Peco a Deus pra que eu descubra o que ocasiona as falhas de implantacao de meus embrioes.
    Vamos confiar em Nosso Pai do ceu para que nos guie para um caminho certo.

    ResponderExcluir
  11. O beta recebi hj resultado negativo, foi a minha 2 tentativa, foi doloroso muito doloroso, so tenho vontade d chorar, como suportar penso q só Deus poderá me da a resposta e apoio, hj penso q nao aguentarei tentar novamente e muito dificil, o q me deixou + abalada foi quando falei do resultado com meu medico ele simplesmente desligou tel. na minha cara como pode ser tão insensível

    ResponderExcluir
  12. Faco das suas palavras as minhas hoje

    ResponderExcluir
  13. Estou a passar pelo mesmo... e hoje deixo pela primeira vez um testemunho. Vou ter que ter forças para seguir em frente. Soube ontem o resultado e só hoje começo a ganhar forças. Obrigada pelo texto.

    ResponderExcluir
  14. É tudo o que estou sentindo.

    ResponderExcluir
  15. Nossa que texto lindo! Chorei muito e me vi várias vezes nele.Perdi meus bebês logo no começo! Obrigada por compartilhar com a gente, dessa forma vemos que nao estamos sozinhas,que enfrentamos tudo por um filho.Que a gente se cobra por ter dado errado,muita expectativa e ficamos frustadas.Mas Deus sabe de tudo.Estamos juntas

    ResponderExcluir